Previous Next

ADUFRGS-Sindical se une à mobilização nacional em defesa da Democracia e do Estado Democrático de Direito

A ADUFRGS-Sindical se uniu a estudantes, movimentos sociais populares e centrais sindicais e sociedade civil em ato nesta quinta-feira, 11, em Porto Alegre, para defender a democracia, o sistema eleitoral brasileiro e eleições livres. A entidade também é signatária da “Carta às Brasileiras e aos Brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito”, e se fez presente com a participação de membros da diretoria atual e da eleita para os próximos três anos na Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

A concentração começou às 8h, em frente ao Colégio Estadual Júlio de Castilhos, o Julinho, no bairro Azenha. Depois os manifestantes foram em marcha até o Campus Centro da UFRGS, e, às 11h, foi lida a “Carta às Brasileiras e aos Brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito”, de forma simultânea com outros atos por todo o país. O texto elaborado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) já ultrapassou as 800 mil assinaturas. (Assista a leitura da carta aqui, no Instagram da ADUFRGS, e confira o texto ao final desta matéria).

O presidente da ADUFRGS-Sindical, professor Lúcio Vieira, destacou o caráter apartidário da manifestação e salientou a importância da luta pela democracia. “A manutenção da educação pública e da democracia são ideias que precisamos defender livremente nas universidades e institutos federais”, afirmou o sindicalista. 

O diretor e presidente eleito da ADUFRGS-Sindical, professor Jairo Bolter, falou sobre o “momento histórico” vivido neste 11 de agosto. “Viemos participar de um ato e da leitura de cartas que defendem a democracia, o Estado de Direito, as nossas instituições e principalmente o nosso direito ao voto, o direito de votar, ser votado e principalmente o respeito à nossa decisão. A democracia é fundamental e nós precisamos estar ao lado de todos aqueles e aquelas que a defendem, que defendem os nossos direitos. Sim às instituições, não ao autoritarismo e aos ataques às nossas liberdades”, declarou o sindicalista.

Dia do Estudante

O dia 11 de agosto é também o Dia do Estudante, data histórica da luta estudantil, assinalando a fundação da União Nacional dos Estudantes (UNE), em 1937, e também a criação das primeiras faculdades de Direito do Brasil, quando o então imperador Dom Pedro I autorizou a criação das Faculdades de Olinda, Pernambuco, e do Largo do São Francisco, em São Paulo, em 11 de agosto de 1827. A data é comemorada desde 1927.

A escolha desta data histórica também foi lembrada pelo professor Jairo Bolter, que parabenizou os estudantes, professores e os colegas de universidade. “Organizado pelos colegas professores da Faculdade de Direito da UFRGS e coordenado pela professora e diretora Cláudia [Cláudia Lima Marques, diretora da Faculdade] neste dia dos estudantes, dia histórico, de aniversário da UNE e tantas outras comemorações de hoje, este ato é muito importante para nós e parabenizamos toda a comunidade acadêmica, professores, técnicos e alunos, por este belo e importante momento”, saudou o professor. 

Bolter também lembrou da importância da defesa da liberdade de cátedra. “Defender a democracia, os direitos, e principalmente defender a liberdade de cátedra, é uma tarefa de todos nós que defendemos os direitos, o País, a educação pública, gratuita e de qualidade”, concluiu. 

 

Comments powered by CComment

No thoughts on “ADUFRGS-Sindical se une à mobilização nacional em defesa da Democracia e do Estado Democrático de Direito”