Reforma da Previdência e mercantilização da educação serão temas de destaque em 2018

CD

Estratégias contra a Reforma da Previdência e o desmonte da Educação foram temas de destaque na primeira reunião do novo Conselho Deliberativo (CD) do PROIFES – Federação, na última sexta-feira, 26, em Brasília.

O presidente da ADUFRGS, Paulo Mors, avalia que o momento pede ações contundentes dos sindicatos federados para pressionar o Congresso contra a aprovação da reforma, como campanhas e manifestações. “A Reforma da Previdência é ruim para todo mundo, o resto é propaganda enganosa desse governo, que, na verdade, pretende favorecer a privatização do nosso sistema previdenciário”. Paulo defendeu também que os sindicatos denunciem o desmonte da Educação promovido pelo atual governo.

O CD definiu a participação do PROIFES no Fórum Social Mundial, em Salvador/BA, de 13 a 17 de março, e na Conferência Nacional Popular de Educação (Conape), de 26 a 28 de abril, na cidade de Belo Horizonte/MG. Os sindicatos federados também estarão representados na Conferência Regional de Educação Superior para América Latina e Caribe (CRES), em junho, na cidade de Córdoba, na Argentina. Paulo Mors afirma que o PROIFES pretende utilizar esses espaços para dar visibilidade à desarticulação das políticas sociais brasileiras. Um ponto importante, segundo Paulo, para tratar em eventos desse porte, é a mercantilização da educação como projeto internacional. “Somos defensores da educação pública, isso não significa sermos contrários à existência do ensino privado, desde que a educação continue sendo tratada como um direito e não como um serviço”.

 

 



Ver todos