Poesia sobre fotos

praia do sonho

Por trás dos números e fórmulas exercitados durante tantos anos em sala de aula como professor do curso de física da UFRGS, estava escondido um artista. Depois da aposentadoria, João Goedert procurou o Atelier Livre da Prefeitura de Porto Alegre para manter a mente ocupada com algo mais leve. Após alguns anos no curso de cerâmica e esculturas, ele sentiu a necessidade de desenvolver mais a criatividade e decidiu se aventurar nas aulas de pintura. “Acredito que o desenho é mais livre e potencializa mais o meu lado poético”, admite o professor.

Ele conta que durante os primeiros anos do curso, concentrou-se apenas nos exercícios didáticos e só então adquiriu confiança para criar seu próprio projeto. A exposição Revisitando paisagens é resultado do trabalho de cinco anos de aulas supervisionadas. Cada uma das 20 telas expostas ao público, pela primeira vez, na sede da ADUFRGS-Sindical, conta uma história diferente. A trilogia A praia do sonho, por exemplo, foi reproduzida sobre fotografias registradas no litoral sul de Santa Catarina durante passeios feitos com a família. “Eu não reproduzo simplesmente a foto” – explica – “eu faço uma releitura do que a foto quer mostrar e, então, surgem as telas”.

 

primavera na redenção

Para pintar Primavera na Redenção, o professor utilizou acrílico com nanquim colorido. Em Praia do Sonhos 1, foram as técnicas de lápis e lápis aquarelado que deram vida à obra. “Para quem está começando no desenho, a tinta acrílica é fundamental, mas, depois, a misturas de técnicas, dá um efeito bem interessante”.

Os quadros de Goedert ficaram expostos na ADUFRGS por duas semanas. “Foi uma experiência muito gratificante que me estimula a desenhar com mais fervor”, finaliza.



Ver todos