Lewandowski suspende MP que adiou reajuste e ampliou contribuição de servidores

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, suspendeu, nesta segunda-feira (18/12), os efeitos da Medida Provisória 805/2017, que adiou o reajuste salarial dos servidores públicos federais do Executivo e ampliou de 11%  para 14% a contribuição previdenciária. A decisão liminar foi tomada na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5809, protocolada pelo PSOL, e será submetida ao plenário – o que deve ocorrer em 2018.

xs_1024x694

Leia a matéria na íntegra



Ver todos