Encontro Nacional do GT Direitos Humanos
Raça, etnicidades, gênero e sexualidades no trabalho docente

302_26c724b8157d8c53ad498c260d3c793c

As questões de raça, etnicidades, gênero e sexualidades no trabalho docente pautaram o último dia do I Encontro Nacional do GT Direitos Humanos do PROIFES-Federação. O evento acontece desde ontem (30), no Instituto de Biologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e reuniu cerca de 80 docentes, estudantes e representantes de movimentos sociais. As discussões dos dois dias de encontro culminaram com a elaboração de um documento que será encaminhado aos sindicatos federados.

Abrindo a mesa, o professor da Universidade Federal Fluminense (UFF), João Bosco Hora Góis, falou a respeito da invisibilidade da produção científica das mulheres. “Se trabalharmos as métricas de produção vamos ver uma produção feminina muito grande o que transforma essa ideia de invisibilidade um certo mito. Acontece que do ponto de vista material a produção existe, mas é construída como algo que não aparece, tornando-se assim invisível”, explicou.

Leia a matéria na íntegra



Ver todos