Dia do Basta: Centrais sindicais convocam paralisações e atos contra os retrocessos impostos pelo governo Temer

manifestação

Nesta sexta-feira, 10 de agosto, as centrais sindicais e as frentes Brasil Popular e Povo Sem medo promovem atividades durante o ‘Dia do Basta’. Por todo o estado haverá paralisações, atrasos de turnos e atos nos locais de trabalho, ruas e praças públicas como forma de protesto aos cortes promovidos pelo governo Michel Temer nas políticas sociais.

“É um dia para dizer Basta! a tantos retrocessos impostos por esse governo golpista. Nós professores temos o dever de nos somar às demais categorias para protestar contra os cortes na educação e pesquisa. Este governo está condenando o futuro do nosso país”, declarou o presidente da ADUFRGS-Sindical, Paulo Machado Mors.

O sindicato realizou uma votação eletrônica para consultar a base sobre a paralisação das atividades docentes no Dia do Basta.

Confira aqui o resultado.

A ADUFRGS está orientando os professores a participar das atividades previstas em Porto Alegre e demais municípios.

Programação do Dia do Basta:

Porto Alegre

8h30: Concentração e ato público na Fecomércio (Av. Alberto Bins, 665 – Centro, próximo ao viaduto da Conceição

9h30: Caminhada até o Palácio Piratini

10h: Ato Público em frente ao Palácio Piratini. Após, caminhada até o TRT 4 (Av. Praia de Belas, 1100)

11h: Ato Público no TRT 4 em defesa da Justiça do Trabalho e dos Direitos Sociais

Em Osório, haverá um Ato Público às 15h no Parque de Rodeios Jorge Dariva.



Ver todos