Adufrgs articula criação de núcleo sindical no campus Litoral Norte da UFRGS

IMG_8346

A Adufrgs-Sindical vai articular a criação de um núcleo sindical no campus Litoral Norte da UFRGS. A demanda surgiu durante a Caravana Adufrgs 40 anos, realizada na quinta-feira, 5, no campus localizado em Tramandaí.

IMG_8352

IMG_8364

O presidente da Adufrgs, Paulo Machado Mors, e mais quatro diretores (Eduardo Rolim, Lúcia Terra, Jairo Bolter e Vanderlei Carraro) foram até o litoral para ouvir sugestões e tirar dúvidas dos docentes. Segundo o presidente, as caravanas têm o objetivo principal de estreitar as relações do sindicato com os professores de cada unidade. “Expandimos a base em 2016 e nosso movimento tem a intenção de conhecer melhor as questões específicas de cada unidade para adequarmos nossas ações em consonância às expectativas dos professores”. Em 2016, a Adufrgs expandiu a base para mais onze municípios além de Porto Alegre.

IMG_8361

Núcleo Sindical

IMG_8402

Durante a caravana no campus em Tramandaí, diversos docentes solicitaram uma presença mais constante da Adufrgs no campus, alegando que acabam distantes de decisões e atividades. A distância de Porto Alegre, município sede do sindicato, é muitas vezes um impedimento para os professores participarem mais ativamente do que acontece na sede. A ideia de montar um núcleo sindical no campus parte daí.

IMG_8416

A diretoria da Adufrgs já vem estudando a instalação de núcleos sindicais nas unidades que compõem a base. Por isso, pretende fazer uma experiência piloto no litoral antes de formalizar uma estrutura definitiva, para propor um modelo que seja permanente. “Já conversamos com outro sindicato federado ao Proifes, o Sindiedutec Paraná, que se organiza por Unidades Descentralizadas nos municípios da base e pela Organização por Local de Trabalho, em cada unidade”, conta o presidente. Paulo explica que a diretoria quer entender a realidade de cada unidade antes de decidir por um modelo de trabalho.

IMG_8464

No campus Litoral Norte a ideia é articular, entre os professores, uma representação da Adufrgs que seja um braço do sindicato lá para além do conselho de representantes.

Caravanas

IMG_8449

Cada caravana é diferente da outra e depende da realidade local. A primeira, realizada no Instituto de Química da UFRGS, tratou principalmente das condições de trabalho do docentes.

IMG_8395

Em Tramandaí, além da criação de um núcleo sindical, os professores falaram sobre consolidação do campus. O diretor Eduardo Rolim também tirou dúvidas sobre reajuste salarial, reestruturação da carreira, promoções, progressões, previdência e Funpresp. O presidente Paulo Mors relatou que a Adufrgs está sistematizando dos dados da enquete realizada pelo sindicato sobre a qualidade de vida dos docentes. Os primeiros resultados dão conta que a dimensão emocional, como casos de depressão, é ponto recorrente nas unidades que compõem a base.   

IMG_8472

A diretora do Instituto de Química da UFRGS, Nádya Pesce, foi convidada para proferir uma palestra sobre Educação, Estado e Sociedade: o contexto atual do Brasil. Nádya falou sobre o papel da universidade neste momento político e sobre estratégias de futuro para garantir o apoio da sociedade para a educação pública, gratuita e de qualidade.    

Clique aqui e confira as fotos.

  



Ver todos