Fórum Jurídico do PROIFES-Federação traça estratégias de enfrentamento a ataques a direitos e retrocessos sociais

fotodecapa

O PROIFES-Federação realizou, nesta quarta-feira, 26, seu primeiro Fórum Jurídico, reunindo na sede da instituição, em Brasília, as assessorias jurídicas e diretores desta área de todos os sindicatos federados, e de sindicatos convidados.

foto2_forum

A realização do Fórum se deu em um momento bastante crítico para a sociedade brasileira, destacou o presidente e diretor jurídico do PROIFES-Federação, Nilton Brandão (Sindiedutec-Sindicato):  “se já tínhamos ataques aos direitos dos servidores, e de escola sem partido, em que os professores passaram a ser atacados até em suas atividades essenciais, dentro da autonomia específica da atividade didática, foi muito importante socializar estas pautas, e verificar possibilidades de enfrentamentos que precisam ser feitos, nos âmbitos locais ou nacional”.

Para Brandão, a reunião de todo o jurídico do PROIFES, se dá para possibilitar a entidade “traçar estratégias e avaliar as perspectivas de defesa dos nossos trabalhadores e trabalhadoras, o que vai nos ajudar muito, tanto no plano local, quanto nacional, na defesa e posicionamentos jurídicos  junto ao governo, ao Ministério da Educação, e outros órgãos de interlocução”.

Já Ana Kratz, diretora de assuntos jurídicos do ADUFG-Sindicato, ressaltou o fortalecimento das posições jurídicas do PROIFES e de todos os seus sindicatos federados a partir do Fórum. Assista ao vídeo.

O compartilhamento de informações também foi um ponto relevante destacado por Francisco Scipião, assessor jurídico do ADUFC-Sindicato. Assista ao vídeo.

Veja abaixo a programação completa com todos os pontos debatidos no Fórum Jurídico do PROIFES-Federação.

programacao



Ver todos